Férias na BR: retorno de viagem exige cuidado de motoristas

Férias na BR: retorno de viagem exige cuidado de motoristas

Os últimos dias de janeiro estão chegando, assim como o final das férias escolares e o período de viagens em família ou com amigos. Para muita gente, a BR-163 é o caminho para os destinos tanto em Mato Grosso como em outros estados. Para quem viaja de carro, o alerta é para o aumento no tráfego de veículos pesados dando início ao período do escoamento da safra. Responsável pela BR-163, a Rota do Oeste traz dicas de segurança aos motoristas de veículos leves para esta época do ano.

Conforme projeção de tráfego da Concessionária a proporção entre veículos leves e pesados no início de 2019 deve ser de 45% e 55%, respectivamente. Em 2018, a taxa foi de 48% e 52%. O levantamento aponta um pequeno crescimento no tráfego de caminhões e carretas em comparação a veículos menores.

A pouca experiência com direção em rodovias está entre os principais perigos nesta época do ano. O gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, destaca que os “motoristas de primeira viagem” e aqueles que não possuem o costume de viajar em rodovias fazem parte do grupo de pessoas que devem redobrar a atenção antes de passar pela BR-163.

“Em janeiro observamos o retorno dos veículos pesados à rodovia já se preparando para a época da safra. O fluxo intenso de caminhões e carretas exige cuidados e precaução de todos. Pela estimativa, a predominância de veículos pesados este ano será ainda maior, o que exige cuidado e muita precaução dos motoristas de carros e utilitários”, disse. 

Outro ponto a ser observado nesta época é com relação às bagagens e lotação dos veículos. No caso das pessoas que viajam em família, a orientação é quanto ao armazenamento de malas, mochilas e pertences. O principal cuidado é com a visibilidade do condutor. Para os objetos transportados na parte de cima do carro, o motorista pode optar por racks, ganchos fixos e outros dispositivos, desde que bem seguros e que não causem desequilíbrio do veículo. 

“O porta-malas é o local adequado para deixar bagagens. Se necessário transportar mais algum objeto, é preciso atenção aos vidros traseiros. O condutor não pode ter nada atrapalhando sua visão, porque isso coloca em risco a direção do carro”, finaliza Ferreira.

Confira outras dicas de viagem:

  • Respeite o limite de transporte de passageiros do veículo
  • Para o transporte de crianças de até 10 anos, o uso de assentos e cadeirinhas é obrigatório
  • Passageiros mais altos devem ficar ao lado da porta traseira para não prejudicar a visibilidade do motorista
  • Caixas, sacolas e outros objetos que não forem transportados no porta-malas, devem ser colocados no assoalho do carro